Maquininha que cai o dinheiro na hora: as melhores opções!

Melhores Maquininhas

Uma maquininha que o dinheiro cai na hora ajuda a manter as contas em dia e o caixa fora do vermelho. Saiba quais são as melhores opções do mercado.

Ter uma maquininha que cai o dinheiro na hora é algo procurado por muitos empreendedores, principalmente os que possuem um alto volume de vendas no cartão. 

O bom funcionamento de um negócio depende, dentre outras coisas, da movimentação do dinheiro em caixa e da manutenção das contas fora do vermelho. 

Isso pode ser mais difícil de atingir quando os valores das vendas realizadas demoram a cair na conta da empresa, como é o caso de muitos casos de vendas com cartão. 

Por isso, preparamos uma seleção de maquininhas que o dinheiro cai na hora, com as respectivas taxas que acompanham essa facilidade. 

Acompanhe agora!

Maquininha o dinheiro cai na hora: confira que marcas oferecem essa opção!

Já existe no mercado muitas maquininhas de cartão que o dinheiro cai na hora, principalmente quando a venda foi realizada no débito. 

No entanto, para que isso aconteça, as empresas cobram uma taxa sobre as operações. 

Mesmo assim, com a grande competitividade que existe hoje entre as empresas de pagamento, há opções bem atrativas para os empreendedores. 

Essas opções são as que cobram taxas menores para conceder o benefício do dinheiro imediatamente na conta, tanto em vendas no crédito quanto no débito. 

Contudo, é claro que as taxas do crédito são sempre mais altas e isso é uma medida de segurança das empresas de pagamento, que só recebem os valores 30 dias após a venda ter sido realizada. 

Quando a venda no crédito é parcelada, as taxas para receber o dinheiro na hora aumentam ainda mais, já que os riscos de inadimplência também são maiores. 

Algumas opções do mercado são melhores que outras, com taxas ainda presentes, porém mais suaves e são elas que vamos ver com mais atenção agora. 

Mercado Pago

A maquininha de cartão do Mercado Pago é uma das melhores opções quando se leva em consideração as taxas para receber o dinheiro na hora. 

No entanto, para afirmar que essa é de fato a melhor maquininha que cai o dinheiro na hora, é preciso levar mais pontos em consideração.

Esses pontos dizem respeito às necessidades particulares de cada empreendedor e o que mais prioriza em seu negócio. 

Por exemplo, embora o Mercado Pago tenha algumas das melhores taxas do mercado, o custo de aquisição da máquina de cartão pode ser maior do que o de alguns competidores.

Confira agora quais são as principais taxas cobradas por essa empresa para depositar o dinheiro de suas vendas imediatamente na sua conta:

  • Taxa no débito: 1,99%;
  • Taxa no crédito: 4,74%;
  • Taxa no crédito parcelado: 5,31%.

PagSeguro

O produto da PagSeguro está praticamente empatado com seu concorrente, o do Mercado Pago, no ranking da melhor maquininha que cai o dinheiro na hora. 

As taxas cobradas para o recebimento imediato neste caso não são tão diferentes do que vimos no produto anterior. 

Além disso, o custo de aquisição das maquininhas da PagSeguro, principalmente os modelos de entrada, geralmente são bem menores. 

Essa também é uma opção de produto muito atrativa, principalmente para microempreendedores que ainda possuem um volume menor de vendas no cartão. 

Existe mais de uma opção de período para o recebimento do dinheiro, elas podem ser escolhidas pelo aplicativo do produto é alterada quando for da conveniência do usuário. 

Confira, então, as principais tarifas da maquininha PagSeguro para receber o dinheiro das vendas na hora:

  • Taxa no débito: 1,99% no primeiro uso da máquina e 2,39% depois desse período;
  • Taxa no crédito: 4,99%;
  • Taxa no crédito parcelado: 5,59%.

Opções de máquinas de cartão para receber mais rápido

Para quem deseja outras opções de maquininha que cai o dinheiro na hora, também existem algumas no mercado que enviam o dinheiro mais rápido para os empreendedores. 

Em alguns casos, o valor não chega à conta do vendedor imediatamente, mas pode levar um ou dois dias úteis. 

Esses produtos, no entanto, não apresentam opções com custos de aquisição tão baixos quanto as primeiras opções que citamos. 

Por isso, elas costumam trazer mais benefícios para quem possui maiores volumes de vendas no cartão do que para empreendedores que não possuem sua maior fonte de renda por esse meio de pagamento. 

SafraPay

A primeira opção de maquininha de cartão que agiliza o pagamento aos vendedores é a SafraPay. Ela possui um prazo de pagamento de um dia. 

As taxas de juros sobre as vendas são diferentes conforme a bandeira do cartão. Para as bandeiras Visa e Mastercard, que são as mais utilizadas, essas taxas são mais baixas.

Por isso, ela pode ser uma opção proveitosa para receber o dinheiro rápido. 

Confira as taxas para pessoas jurídicas:

  • Taxa no débito: 1,48% para as bandeiras Visa e Mastercard e 2,48% nas bandeiras Elo, Amex e Hipercard;
  • Taxa no crédito: 2,95% no Visa e no Mastercard e 4,14% nas bandeiras Elo, Amex e Hipercard;
  • Taxa no crédito parcelado: A partir de 4,03% nas bandeiras Visa e Mastercard e a partir de 5,22% nas bandeiras Elo, Amex e Hipercard;
  • Prazo: Um dia.

A empresa também oferece maquininhas de cartão para pessoas físicas, que não possuem as mesmas taxas que o produto para pessoas jurídicas. Confira agora quais são essas taxas:

  • Taxa no débito: 1,88% em todas as bandeiras;
  • Taxa no crédito: 3,99% em todas as bandeiras;
  • Taxa no crédito parcelado: A partir de 7,45% em todas as bandeiras;
  • Prazo: Um dia.

SumUp

A SumUp oferece a seus clientes a opção do plano “Antecipado”, que apresenta boas taxas, semelhantes às do Mercado Pago e PagSeguro e fazem os pagamentos em um dia útil.

Confira as tarifas:

  • Taxa no débito: 1,90%;
  • Taxa no crédito: 4,60%;
  • Taxa no crédito parcelado: 4,60% + 1,50% a cada parcela;
  • Prazo: Um dia útil.

Ton

A Ton é um produto da empresa de pagamentos Stone, que é uma das grandes representantes do mercado. Ela oferece a possibilidade de recebimento em um dia útil. 

Nessa maquininha de cartão, as tarifas podem variar de acordo com o plano assinado e com a bandeira do plástico com que foi realizada a compra. 

Veja mais detalhes, a título de ilustração, das diferentes tarifas para pagamentos no débito.

  • Plano Mega Ton: 1,48% no débito, para as bandeiras Visa e Mastercard;
  • Plano Mega Ton: 2,48% no débito, para as bandeiras Elo, Amex e Hipercard;
  • Plano Giga Ton:  1,45% no débito, para Mastercard e Visa;
  • Plano Giga Ton: 2,45% no débito, para as bandeiras Elo, Amex e Hipercard;
  • Ton Básico: 1,99% no débito para todas as bandeiras. 

Pagamento de crédito à vista cai na hora?

O momento em que o crédito cairá na conta do vendedor depende muito da máquina que é utilizada na transação. 

Os produtos da PagSeguro e da Mercado Pago, por exemplo, são exemplos de maquininhas que o dinheiro cai na hora. 

No entanto, quando o pagamento é no crédito, os bancos podem levar até 30 dias para liberar o valor para as empresas de pagamento, o que faz com que elas demorem mais a pagar os clientes. 

Quando existe a possibilidade de receber o dinheiro do cartão na hora ou mais rápido, é comum que as taxas sejam maiores, justamente porque as empresas demoram mais a receber esse tipo de pagamento.

O pagamento no débito cai em quantos dias?

Já existe uma boa oferta no mercado de maquininhas de cartão que o dinheiro cai na hora com taxas atrativas, como são, novamente, os casos do Mercado pago e da PagSeguro. 

Existem também outras opções como a SafraPay e a Ton que, embora o recebimento não seja imediato, é rápido e com taxas relativamente baixas. 

O tempo que o pagamento no débito leva para cair na conta do vendedor depende das empresas e dos planos de pagamento escolhidos. 

Por isso, é preciso analisar todas as necessidades do negócio antes de adquirir uma maquininha de cartão ou de assinar um plano de pagamentos. 

Se for grande a necessidade de ter o dinheiro disponível o quanto antes, deve-se buscar as empresas que oferecem essa possibilidade com menores taxas. 

É muito importante observar se as tarifas pagas para ter o dinheiro na hora não vão ter um impacto negativo nos lucros mensais. 

Em caso positivo, deve-se ter uma maior organização financeira no negócio para sustentar um recebimento mais demorado ou pesquisar outros planos de pagamento para receber mais rápido e com menores taxas. 

Além disso, é importante que as maquininhas de cartão atendam a outras necessidades além do tempo transcorrido até o dinheiro cair na conta. 

Exemplos disso são o tipo de conexão, a duração da bateria e facilidades como Pix e pagamento por aproximação. 

Por isso, se deseja ter ainda mais informações para tomar uma decisão segura em relação à melhor maquininha que cai o dinheiro na hora, não deixe de estar sempre atento às nossas publicações.