10 melhores contas MEI: veja os principais bancos!

Contas MEI

Conheça as 10 melhores contas MEI e os principais bancos que oferecem essa opção para seus clientes. Veja também como abrir uma conta MEI!

Escrito por: Vitor Braga - atualizado em: 21/05/2024
  • PagBank PJ

    PagBank PJ Solicitar

    Mensalidade gratuita

    Sem tarifa nas principais transações

    Possui rendimento da conta, máquina de cartão e ótima avaliação dos clientes

  • Inter MEI

    Inter MEI Solicitar

    Mensalidade gratuita

    Sem tarifa nas principais transações

    Diversidade de soluções para MEI e ótima reputação entre os clientes

Voltar ao topo

Para empreendedores que desejam profissionalizar suas rotinas financeiras, é fundamental considerar uma conta MEI.

Essa modalidade de serviço é especial para os microempresários, pois oferece benefícios exclusivos e diferentes possibilidades de crescimento.

Além disso, proporciona taxas mais baratas e menos custos de manutenção nos serviços bancários, um critério importante para quem está começando o próprio negócio.

No entanto, com diversas alternativas disponíveis no mercado, pode ser difícil escolher a melhor para o perfil da empresa.

Nesse caso, o primeiro passo é conhecer as opções disponíveis e conferir os diferenciais de cada instituição.

Para te ajudar, separamos essas e outras informações em um conteúdo especial sobre o assunto, com uma lista de opções de conta MEI que se destacam no segmento e podem trazer vantagens para você. Confira!

O que é uma conta MEI?

Melhores contas MEIMensalidadeTaxas e tarifasPrincipais diferenciais
PagBankGratuitaSegundo o site, não são cobradas tarifas para as transaçõesPossui rendimento do saldo de até 100% do CDI, maquininha
Mercado PagoGratuitaSaque no Banco 24H por R$ 5,00Possui maquininha e cartão de crédito
Banco InterGratuitaMáquina de cartão e empréstimos para PJ com taxas a partir de 1% ao mês + IPCAPossui investimento e cashback na conta
Banco do BrasilA partir de R$ 59,95A partir de 3% para a realização de algumas transaçõesPrograma para MEI e cartão de crédito
Caixa EconômicaA partir de R$ 25,002% a 4% para a realização de algumas transaçõesLinhas de empréstimo especiais
Melhores contas MEI

Uma conta MEI é um tipo de serviço bancário com benefícios voltados para o Microempreendedor Individual.

Esse regime empresarial permite que pequenos empresários trabalham por conta própria, formalizando suas atividades e obtendo um CNPJ.

Dessa forma, é possível aproveitar inúmeras vantagens de pessoa jurídica, inclusive pacotes financeiros que auxiliem no desenvolvimento de micronegócios.

Para obter uma conta MEI, é necessário que o titular se enquadre nesse formato, atendendo a certos critérios, como faturamento anual limitado a R$ 81.000,00, não possuir participação em outra empresa como sócio ou titular e contratar no máximo um funcionário. 

Além disso, a empresa deve se enquadrar em uma das atividades permitidas para o MEI, de modo que possa usufruir de serviços como conta bancária especial.

No entanto, caso o profissional atenda a esses requisitos, poderá abrir um registro bancário com diversas funcionalidades, como transações financeiras facilitadas, acesso a linhas de crédito e profissionalização dos recebimentos.

Para disponibilizar esses e outros diferenciais, diversas instituições financeiras investiram em produtos específicos, desenvolvendo a conta MEI como alternativa para os micro e pequenos empreendedores.

Leia também: Veja como alterar CNAE MEI e saiba como ela funciona!

Melhores contas MEI: veja os principais bancos!

Com tantas alternativas no mercado, interessados em um serviço bancário especializado podem ter dúvida na hora de avaliar a melhor conta MEI.

Nesse caso, vale a pena conhecer os principais bancos que trabalham com esse serviço, e conferir os diferenciais que eles apresentam. Veja mais detalhes abaixo:

Melhor conta MEI digital

A conta MEI digital é uma modalidade que cresceu com a popularização da internet e dos serviços virtuais. Para tornar as rotinas financeiras mais simples para os empreendedores, diversas plataformas lançaram seus pacotes de benefícios com acesso online.

Veja as opções que mais se destacam nesse segmento:

1. PagBank PJ – Conta MEI gratuita

A conta MEI do PagSeguro é uma das melhores opções digitais para microempreendedores individuais que buscam serviços financeiros acessíveis. 

Ela permite que o titular gerencie todas as transações do negócio em uma única plataforma, de forma gratuita. 

Além disso, permite contar com as maquininhas PagSeguro e aproveitar empréstimos com taxas acessíveis.

Ainda, possui rendimento de até 100% do CDI, vantajoso para impulsionar os pequenos negócios e render sobre o valor na conta.

Essa conta MEI não possui mensalidades ou tarifas de manutenção, sendo uma alternativa com custo-benefício atrativo.

Vale reforçar que a reputação do PagBank é positiva em sites de avaliação, e atende não apenas MEI, mas também para outras categorias de pessoas jurídicas, como EIRELI, LTDA e EI.

2. SumUp Bank

Além de ser uma das principais marcas de meios de pagamento do país, a SumUp também oferece uma conta MEI digital da SumUp Bank.

Sua plataforma não possui mensalidades, permitindo gerenciar as transações de maneira eficiente. Ainda, traz soluções de crédito com taxas personalizadas.

Além disso, a conta MEI SumUp também possibilita contratar aparelhos da linha de maquininhas de cartão SumUp, ampliando seus produtos no mercado. 

Outro diferencial importante é o rendimento, que chega a 136% do CDI. Somado à reputação positiva, se torna uma alternativa interessante para microempreendedores individuais.

3. Mercado Pago – Conta MEI gratuita

Enquanto isso, o Mercado Pago também apresenta uma opção de conta MEI, embora mais recente. Ele conseguiu autorização como banco digital somente em 2022, quando implementou os serviços para microempreendedores

Assim como o PagSeguro, o Mercado Pago se destaca pela variedade de produtos e serviços financeiros, especialmente maquininhas.

Ainda, com o registro bancário, possibilita também a administração dos recebimentos, transferências para outras contas e até mesmo saques no Banco 24 Horas.

Um dos principais diferenciais são os empréstimos para pessoas jurídicas com taxas personalizadas, permitindo que o profissional invista no negócio.

No entanto, vale reforçar que a conta MEI do Mercado Pago é direcionada apenas para empresas com um único titular.

4. Banco Inter – Conta MEI gratuita

O Banco Inter oferece uma série de vantagens em sua conta digital MEI, como gratuidade e isenção de tarifas em recursos fundamentais, como o PIX e a emissão de boletos.

Ainda, possui facilidades, como tarifas zerada nas transferências instantâneas realizadas com cartão de crédito para empreendedores. Além disso, também possui maquininhas do Banco Inter para os microempreendedores, com juros acessíveis.

No que diz respeito a empréstimos para pessoas jurídicas, o Banco Inter oferece taxas a partir de 1% ao mês mais o IPCA. Essa opção pode ser útil para os MEIs que precisam de recursos financeiros para investir no crescimento do negócio.

Contudo, vale reforçar que a opção é direcionada especificamente para microempreendedores individuais, apenas.

Melhor conta MEI tradicional

Enquanto isso, muitos empreendedores se interessam por contas em bancos tradicionais, pelos diferenciais e confiança nas instituições.

Por isso, veja as alternativas que se destacam entre as principais companhias bancárias convencionais:

1. Banco BMG

O Banco BMG buscou variar seu catálogo com uma conta MEI gratuita para os clientes, trazendo recursos como cartão de crédito, linhas de empréstimo e funcionalidades de transação.

Além disso, oferece isenção de tarifas para saques, permitindo acesso ao dinheiro de forma conveniente.

Uma vantagem interessante dessa conta é a possibilidade de realizar investimentos e aproveitar programas de cashback, que podem contribuir para o crescimento do patrimônio.

É importante ressaltar que, assim como outras opções convencionais, existem algumas tarifas para serviços específicos, sendo necessário verificar essas informações no site do banco antes de contratar a conta.

No entanto, suas taxas são competitivas, e a exclusividade para empresas com apenas um titular torna o serviço atrativo para pequenos negócios.

2. Banco do Brasil

Entre os principais bancos tradicionais, o Banco do Brasil se destaca na modalidade PJ com sua Conta Fácil Microempreendedor, direcionada especificamente para essa categoria.

Embora apresente mensalidade a partir de R$59,95, oferece uma série de benefícios para atender às necessidades financeiras do negócio.

É possível realizar pagamentos físicos e online, além de transações comerciais programadas, como o envio de boletos.

Além disso, traz um cartão de débito gratuito, proporcionando maior flexibilidade para as operações financeiras do seu negócio.

Outro benefício oferecido pela Conta Fácil Microempreendedor é a disponibilidade da maquininha Cielo e cartão de crédito empresarial.

Ainda, traz opções de empréstimos com taxas a partir de 3% ao mês. Essa opção pode ser útil para impulsionar o crescimento do negócio ou para lidar com despesas emergenciais.

A Conta Fácil Microempreendedor do Banco do Brasil é direcionada exclusivamente para profissionais MEI.

3. Banco Itaú

O Itaú também oferece uma opção de conta MEI, mas possui mensalidade e requisito mínimo de faturamento acima de R$500.

Voltada para pequenos empreendedores que buscam soluções mais completas, traz um pacote diferenciado de serviços, com registro bancário, cartão e maquininha.

Existem diferentes planos disponíveis, como o Plano Adapt MEI que disponibiliza a maquininha com uma mensalidade de R$ 69,00 e mais R$ 29,00 pelo plano da conta MEI, totalizando R$ 98,00.

Ainda, esse plano traz alguns diferenciais, como empréstimos acessíveis, inclusive para capital de giro, além de aplicativo completo.

4. Conta MEI do Bradesco

O Bradesco também possui um programa específico para microempreendedores, o Net Empresas, com opções sólidas para contratar.

A abertura é facilitada pela internet, trazendo assessoria contábil e serviços de consultoria para o negócio. Ainda, apresenta linhas de crédito especiais para empresas.

Contudo, por se tratar de uma instituição financeira tradicional, a conta PJ do Bradesco pode ter custos mais elevados em comparação com as contas digitais.

O valor mensal começa a partir de R$ 28,90, além de empréstimos a partir de 2,79% ao mês. Transações com o cartão de crédito e na maquininha Cielo, associada ao banco, também trazem tarifas.

5. Conta MEI da Caixa

Para quem busca alternativas acessíveis em bancos tradicionais, vale conhecer a Caixa Econômica Federal com a opção Caixa MEI Especial, uma solução voltada para pessoas jurídicas e microempreendedores.

Embora tenha poucas informações divulgadas sobre o programa, é possível traçar vantagens como mais linhas de crédito e crescimento, com taxas acessíveis, a partir de 2,4%.

Ademais, a mensalidade da conta pode começar a partir de R$ 25,00, mas é importante estar ciente de que existem outras tarifas aplicáveis a diferentes serviços.

O público-alvo da conta MEI da Caixa são apenas os profissionais dessa categoria, com benefícios exclusivos para a modalidade.

6. Santander – Conta MEI

Ainda, é possível abrir uma conta MEI no Santander, que se diferencia pelas ferramentas de controle de estoque e pacotes de teste sem taxas.

Embora possua menos recursos gratuitos em comparação com outras opções, a mensalidade ainda é acessível, considerando que se trata de um banco tradicional, começando a partir de R$ 39,00. 

Também traz empréstimos para capital de giro, com taxas que variam de 2% a 4% ao mês, além de uma linha exclusiva de maquininhas, a Getnet.

As soluções são voltadas para MEI, que aproveitam os diferenciais mais acessíveis, especialmente para facilitar o controle financeiro no negócio.

Qual a melhor conta MEI?

A melhor conta MEI varia conforme o perfil do empreendedor e suas necessidades específicas, além de objetivos e prioridades. 

Cada instituição financeira oferece diferentes benefícios, serviços, tarifas e recursos adicionais que podem se adequar melhor a determinadas metas de negócios.

Por exemplo, para profissionais que priorizam custo-benefício, contas digitais são mais atrativas, sem tarifas mensais.

No entanto, para quem deseja crescer com acesso a crédito facilitado, os bancos tradicionais disponibilizam mais possibilidades nesse sentido.

Assim, para determinar qual é a melhor conta MEI para você, é importante considerar esses fatores.

Avalie quais são as principais necessidades do seu negócio, e os objetivos que deseja atingir, para entender os recursos necessários nessa jornada.

Ainda, compare as tarifas mensais e eventuais cobranças adicionais dos serviços oferecidos por cada banco. Considere se as tarifas são justas em relação aos benefícios e recursos fornecidos.

Diferenciais como atendimento e suporte fazem a diferença na experiência do profissional, e também devem ser avaliados.

No entanto, de modo geral, cada conta MEI possui seus diferenciais, e consegue atender as necessidades e expectativas de diversos perfis que atuam de maneira autônoma.

Veja também: Melhor máquina de cartão para MEI: as 7 opções mais relevantes do mercado!

Vale a pena abrir uma conta MEI?

Abrir uma conta MEI pode valer a pena para os profissionais que possuem um CNPJ nessa modalidade. 

Isso porque se trata de um segmento de produtos e serviços que atende especificamente as necessidades desses negócios.

As contas MEI geralmente oferecem recursos específicos para atender às demandas de micro e pequenos negócios, incluindo:

  • soluções de pagamento;
  • emissão de boletos;
  • maquininhas de cartão;
  • ferramentas de gestão financeira;
  • controle de estoque.

Esses recursos são projetados para simplificar as operações financeiras do MEI e facilitar o dia a dia do empreendedor.

Além disso, as contas MEI contam com linhas de crédito mais acessíveis, juros menores e maior flexibilidade na negociação, importante para expandir a empresa e ter maior tranquilidade financeira.

Por esse motivo, se o microempreendedor individual estiver em busca de um serviço especializado, vale a pena considerar uma conta MEI.

No entanto, vale reforçar que muitos serviços são exclusivos para esse formato, e se tornam inacessíveis com mudanças de regimes empresariais, por exemplo.

Assim, é importante considerar a solução ao iniciar sua jornada empreendedora, mas se atentar para as restrições de MEI e conferir alternativas que cresçam com as atividades.

Como abrir uma conta MEI?

Cada instituição possui suas próprias etapas de abertura para a conta MEI, mas existem algumas dicas que ajudam nesse processo. 

Após conhecer mais sobre os benefícios desse serviço, é interessando conferir as formas de adquiri-lo. Por isso, veja o passo a passo geral para ter um serviço financeiro especializado:

1. Escolha uma opção

Antes de mais nada, é essencial que o empreendedor escolha uma opção que combina com seu perfil e necessidades.

Isso significa avaliar as diferentes alternativas do mercado e seus diferenciais, para determinar a conta MEI que melhor atende suas necessidades.

Essa pesquisa deve incluir benefícios, tarifas e praticidade, com um pacote de serviços para realizar as atividades cotidianas com facilidade.

Uma vez que o empreendedor escolher a opção que mais faz sentido para a sua realidade, poderá seguir as etapas específicas de abertura de conta na instituição que desejar.

Ainda, vale reforçar que bancos digitais podem ser mais práticos que companhias tradicionais, por conta do processo e burocracia de análise.

2. Informe os dados do MEI

Ao escolher uma conta MEI para abrir, o próximo passo é informar os dados do titular que irá aproveitar o serviço.

Isso dependerá do canal disponível para as etapas. Por exemplo, bancos mais tradicionais podem indicar seguimento presencial em uma unidade de atendimento.

Enquanto isso, as instituições digitais concentram seus serviços em plataformas na internet, aceitando dados e documentos online.

Opte pelo canal que melhor atende suas necessidades, e verifique as etapas obrigatórias para abrir a conta.

Geralmente, é necessário informar o CNPJ, com um número ativo, e ter endereços de contato válidos, como e-mail e telefone.

Mesmo para bancos convencionais, essas informações são importantes, pois confirmam a identidade dos usuários e garantem que ele não está cometendo fraude.

Posteriormente, vale completar o cadastro com outros dados da empresa, mas, em um primeiro momento, não é uma exigência.

Confira também: Como saber se meu MEI está ativo? Aprenda como descobrir com um passo a passo simples!

3. Aguarde a análise

Após anexar os dados, é necessário esperar pela análise de perfil, onde os bancos avaliam se a empresa pode ter acesso àquele serviço.

Na maioria das opções de conta MEI, o usuário aguarda apenas algumas horas ou um dia útil, com agilidade no retorno.

Aprovações já liberam o acesso aos canais digitais para finalizar o processo. Se existir uma resposta negativa, veja qual o motivo e siga as instruções para tentar novamente.

Algumas dicas para auxiliar na avaliação de perfil é informar dados verídicos e atualizados, bem como manter a saúde financeira do MEI em dia, sem pendências em pagamentos.

Dessa forma, o registro estará positivo e a análise será mais rápida para liberar a conta.

4. Comece a usar

Com a aprovação do perfil, o usuário já poderá utilizar sua conta MEI no dia a dia. Basta acessar o portal indicado pelo banco, como aplicativo ou site, e entrar no login.

Verifique se todos os dados correspondem ao titular, e teste as funcionalidades para confirmar que a conta está, de fato, pronta para uso.

Além disso, tome algumas precauções nos primeiros dias de uso, para se familiarizar com os canais e garantir uma experiência positiva.

Ainda, confirme quais as taxas para operações diárias, como saques e transferências, a fim de se programar antes de ter algum obstáculo.

Conclusão

A conta MEI é uma modalidade de serviço financeiro que disponibiliza diversas vantagens para o profissional autônomo, mas é necessário atenção na pesquisa.

Isso porque são diversas alternativas para o titular escolher, com funcionalidades e características distintas.

Dessa forma, se o empreendedor desejar uma experiência mais positiva, deve escolher um pacote de serviços que combine com seu perfil.

O primeiro passo é conhecer as principais alternativas, em diferentes canais, como bancos digitais e tradicionais.

Cada segmento traz seus benefícios e pontos de atenção, mas o profissional poderá encontrar uma proposta vantajosa ao conferir mais sobre as alternativas de cada instituição.

Além disso, tenha em mente seus objetivos e metas para o negócio, para guiar sua escolha de maneira concreta.

Assim, será possível aproveitar a conta MEI no dia a dia, com serviços especializados e mais possibilidades de crescimento com o apoio de uma companhia financeira alinhada ao negócio.

Por fim, confira mais alguns dos nossos outros conteúdos:

Perguntas Frequentes (FAQ)

  1. Qual é o melhor banco para abrir uma conta MEI?

    O melhor banco com conta MEI depende do perfil do empreendedor, com destaque para a conta PagBank PJ na modalidade digital e no Banco BMG para instituições tradicionais.

  2. Qual a melhor conta MEI gratuita?

    As melhores contas MEI gratuitas são de instituições digitais, como Mercado Pago, PagBank e Banco Inter, sem tarifas de abertura e manutenção.

  3. Qual o melhor banco para empreendedor?

    Existem diversos bancos que auxiliam empreendedores em seu negócio. Alguns destaques incluem Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Banco BMG, com programas especiais para o cliente.

  4. Qual banco tem a menor taxa de juros para MEI?

    Bancos digitais, como PagBank, Mercado Pago e SumUp, aplicam taxas de juros somente para transações com as maquininhas, apresentando as taxas mais acessíveis. Para empréstimos, o Bradesco disponibiliza tarifas a partir de 2,79%.

Conteúdos Relacionados